CONHEÇA 6 PLANTAS TÓXICAS QUE PODEM ESTAR NO SEU JARDIM

Mesmo que o tutor trate o pet com todo o carinho, ofereça os melhores alimentos e petiscos, os animais ainda vão brincar e podem morder tudo o que encontrarem pela frente. E é no jardim de casa que eles vão correr grande risco, caso encontrem plantas tóxicas. 

Embora muitos tutores não saibam, há várias plantas que são usadas para ornamentação, que podem fazer mal ao animal de estimação. Conheça as plantas tóxicas mais comuns e evite que o seu pet tenha contato com elas.

1 Antúrio é uma das plantas tóxicas

O antúrio (Anthurium spp) vive muito bem em climas úmidos é muito usado na decoração de casas e jardins. Porém, devido à presença de uma substância chamada oxalato de cálcio, é considerada uma das plantas tóxicas que devem ficar longe do seu pet. 

Caso seu animal de estimação mastigue qualquer parte da planta ele pode apresentar: 

  • vômitos;

  • diarreia;

  • salivação excessiva;

  • dificuldade respiratória;

  • inchaço da boca, lábios e garganta;

  • edema de glote.

Caso ingira antúrio, o animal precisa ser socorrido rapidamente para evitar danos maiores. Se o pet não for socorrido, ele pode piorar muito e até morrer.  

2 Azalea é comum em vasos e jardins

Essa é uma das plantas tóxicas mais comuns em lares de todo país. A florada colorida faz com que ela seja a escolha de muitos para presentear alguém querido ou plantar em casa, para embelezar o jardim.

O problema é que ela é uma das plantas mais perigosas para os animais de estimação. Caso eles a ingiram, podem ter alterações cardíacas e distúrbios digestivos. Dentre eles:

  • dor na barriga; 

  • produção excessiva de saliva;

  • diarreia;

  • vômito;

  • perda de apetite;

  • tremores;

  • fraqueza;

  • dor abdominal;

  • arritmia cardíaca;

  • perda de apetite;

  • hipotensão arterial;

  • cegueira; 

  • convulsões. 

Seu princípio ativo é a andromedotixina. Se não for socorrido a tempo, o animal pode vir a óbito. 

3 Copo-de-leite

A florada bonita e branca faz com que essa planta pareça inofensiva. Porém, caso a Zantedeschia aethiopica seja ingerida pelos animais de estimação, eles poderão apresentar como sinais clínicos:

  • irritação nas mucosas;

  • dor severa;

  • edema de glote;

  • dificuldade de respirar;

  • cólica abdominal;

  • vômito;

  • diarreia. 

Tudo isso é consequência da presença de oxalato de cálcio e as saponinas.

4 Lírio e Lírio-da-Paz

As plantas, cujos nomes científicos são Lilium sp e do Spathiphyllum wallisii, são tóxicas e se o seu pet for o do tipo que “morde tudo” deve ficar longe delas. No caso de ingestão, por pequena que seja, o pet pode apresentar diversos sinais clínicos. Dentre eles:

  • irritação oral e de mucosas;

  • irritação ocular;

  • dificuldade de engolir;

  • problemas respiratórios;

  • alterações neurológicas;

  • alterações nas funções renais.

5 Violeta

O vasinho de violeta pode parecer inofensivo, mas se o seu gatinho de estimação for brincar com ele, poderá ter problemas. Isso acontece porque a planta, cujo nome científico é Viola odorata, contém ácido tânico, salicílico e violinha em seu caule. Caso o animal de estimação a ingira pode apresentar sinais como:

  • depressão;

  • gastrite;

  • depressão circulatória e respiratória;

  • diarreia;

  • vômito. 

6 Espada-de-são-jorge e Espada-de-santa-bárbara

Se o animal de estimação ingerir essas plantas, ele pode apresentar dificuldade de respiração e de locomoção. A planta, cujo nome científico é Sansevieria trifasciata, é muito tóxica e comum nos lares brasileiros. 

Além das plantas, alguns alimentos podem prejudicar a saúde do seu pet. Saiba mais.

 

 

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *